Fundação AIP participou em seminário organizado pelo Conselho Económico Social e Ambiental (CESE) de Marrocos

 

André Magrinho participou em representação da Fundação AIP num seminário realizado em RABAT, em 14 e 15 de maio, a convite do CESE Marrocos e no âmbito do programa SOLID (South Med Dialogue), tendo como tema “Para uma renovação do diálogo social: que papel para os conselhos económicos e sociais e instituições similares?

Na circunstância André Magrinho desenvolveu o tema “Novas formas de trabalho, condições de trabalho e transições no mercado de trabalho”. A este propósito sublinhou o facto da transformação digital da economia, vulgo Indústria 4.0, estar a introduzir mudanças profundas no tempo e no modo como “aprendemos, trabalhamos, cooperamos e, bem assim, como as empresas competem nos mercados globais”. Essas mudanças perpassam toda a estrutura das empresas onde emergem novas funcionalidades: os BIG DATA e o CLOUD Computing passarão a ser parte integrante dos recursos informacionais das empresas; no topo da organização, logo abaixo do CEO, surge a figura do CDO (Chief Data Officer) que se responsabiliza perante toda a empresa pela Analytics dos dados que criam e acrescentam valor; a área de “Desenvolvimento & Exploração (DEVOPS)” articula os membros da I&D, da informática, da produção e da assistência técnica, passando a ser fundamental para a criatividade, inovação e desenvolvimento de de novos produtos; por sua vez, a “Gestão da satisfação de clientes” gere a relação permanente que a empresa estabelece com os seus clientes e assegura-se que estes tiram o melhor partido dos bens e serviços que a empresa disponibiliza, passando a ser um dos focos críticos da empresa, num quadro em que a maior parte das tarefas repetitivas tendem a ser automatizadas por força da robótica avançada e da inteligência artificial.. O portefólio de qualificações e competências necessita de ser permanentemente reforçado mediante uma articulação inteligente entre competências tecnológicas (Tech Skills) e competências relacionais e outras da esfera do comportamento organizacional (Soft Skills). As empresas com maior potencial de sucesso no contexto da revolução digital em curso não serão necessariamente as de maior dimensão, mas sim as mais ágeis.

FOTOGALERIA

IMPRENSA

 

2019-01-07T18:11:14+00:00