No âmbito da Semana de Portugal no Uruguai 2016, a Fundação AIP e a Câmara de Comércio Portugal – Atlântico Sul organizam uma missão empresarial a Montevideu entre os próximos dias 17 e 23 de Abril.

O Uruguai ocupa o primeiro lugar entre os Estados latino-americanos nos rankings relativos ao Estado de Direito, solidez das instituições democráticas e baixa corrupção e o segundo lugar em termos de liberdade económica. Pequeno país de 3,4 milhões de habitantes, apostou num modelo de crescimento por via da estabilidade política e social, bem como na melhoria contínua do seu ambiente de negócios (comprovando-o a existência actual de lado 12 Zonas Francas, onde operam já mais de 800 empresas estrangeiras), tendo nos últimos 4 anos registado um crescimento sólido de 3% a 4% no PIB.

O grande objectivo da Semana de Portugal no Uruguai será o de aproximar as comunidades Uruguaia e Portuguesa e, com uma programação comercial, cultural, académica e gastronómica, fomentar um estreitar de relações entre empresas e instituições dos dois países.

Neste contexto, a presente missão empresarial focará prioritariamente (mas não em exclusivo) os sectores de Produção Energética, Tratamento de Resíduos, Construção e Obras Públicas, Mobiliário Urbano, Turismo, TICs, e Agro-Alimentar. Visa proporcionar às empresas participantes a identificação de potenciais parceiros para o desenvolvimento de projectos de exportação, de investimento e de cooperação técnica; o contacto com organismos locais de apoio à comunidade empresarial; a recolha de informação local; e visitas de prospecção para um melhor conhecimento do estado da arte da indústria e do comércio Uruguaio, procurando dar a conhecer as principais oportunidades de negócio e de investimento neste mercado.

O Programa de trabalhos inclui assim seminários técnicos de apresentação das especificidades e das oportunidades de negócio e de investimento do mercado uruguaio, acções de networking, reuniões institucionais e uma agenda de contactos individuais de acordo com o perfil de interesse de cada uma das empresas participantes.

Prazo de inscrição: 29 de Fevereiro. Custo de participação: € 3.250,00 (acresce IVA à taxa legal em vigor)
NOTA: Esta acção insere-se no Projecto Conjunto Portugal2020 n.º 74 que decorre entre Junho de 2015 e Dezembro de 2016, pelo que as PME consideradas elegíveis para co-financiamento, de acordo com as condições de participação em anexo, serão reembolsadas aquando do encerramento do projecto, em cerca de € 1508,00 que correspondem a 50% dos custos elegíveis desta iniciativa.O diferencial relativo à percentagem de co-financiamento será reembolsado aquando encerramento deste Projecto pelo financiador. De referir que poderá haver a necessidade de se proceder a ajustes financeiros dependendo dos custos finais que vierem a ser apurados e do universo final das empresas participantes, pelo que o valor indicado poderá sofrer ligeiras alterações.